Antiga fachada do Estádio Romeirão é derrubada durante obras da nova arena

A clássica fachada do Estádio Municipal Dr. Mauro Sampaio em Juazeiro do Norte, popularmente conhecido com “Romeirão”, foi abaixo nesta segunda-feira (15). A demolição da estrutura faz parte da construção e ampliação da nova Arena Romeirão, que está com obras avançadas.

O principal e maior estádio da região do Cariri foi inaugurado em 1970, onde a primeira partida oficial foi em maio deste mesmo ano, entre o Fortaleza e o Cruzeiro Esporte Clube, com o time mineiro vencendo por 3 gols a 0. Em 2006 o equipamento foi remodelado, e a atual fachada então renovada para as características que possuía até então. Com o avanço das obras da nova arena, a antiga fachada agora ficará apenas na lembrança dos caririenses.

Obras

No total, foram investidos R$ 74 milhões pela Superintendência de Obras Públicas (SOP) na construção. Recentemente foram recebidas para montagem e fixação as peças metálicas que formam a coberta das arquibancadas, chamadas “pétalas”, e que deverão ser o destaque marcante da imponente obra.

O governador Camilo Santana garantiu que, com a Arena Romeirão pronta, Juazeiro do Norte estará incluso no eixo dos grandes jogos e campeonatos estaduais e nacionais, descentralizando jogos da Arena Castelão na capital, por exemplo. “Estamos com uma construtora que, apesar de estar com prazos mais lentos, está cumprindo direitinho a obra. Não posso garantir uma data, mas posso afirmar que em 2021 teremos nossa Arena Romeirão pronta. Vou garantir que Juazeiro receba grandes jogos do estado e do país, descentralizando equipamentos da capital, como o Castelão”, disse o governador.

O equipamento terá capacidade total para receber uma média de 17 mil pessoas por partida esportiva, funcionando também em formato multiuso para shows e eventos culturais e religiosos, podendo ter essa capacidade ampliada para cerca de 24 mil.

Fonte: Portal Badalo

Faixa atual

Título

Artista

Background