Artistas e políticos debatem futuro do Centro Cultural Banco do Nordeste em Juazeiro

Um grupo de trabalho para dialogar sobre as polícias culturais do Centro Cultural Banco do Nordeste em Juazeiro do Norte foi proposto em audiência nesta quarta (10), na Assembleia Legislativa, em Fortaleza.

Encontro como estes deverão reunir produtores culturais, políticos e interessados na manutenção da programação cultural também nas unidades de Fortaleza e Souza, na Paraíba. Um recente corte de verbas no setor pôs em discussão a manutenção das atividades regulares que envolvem oficinas, apresentações artísticas, exposições e diversas ações educacionais.

O debate foi proposto pelo deputado Elmano Freitas (PT). Dirigentes do BNB asseguraram que os três centros culturais – Fortaleza, Juazeiro do Norte e Souza (PB) – não serão fechados, posicionamento adotado pelo presidente do banco, Romildo Rolim.

O vereador do Crato, Amadeu de Freitas (PT), relatou que, além da suspensão de algumas atividades previstas para o mês de julho, há também demissão de terceirizados no CCBNB de Juazeiro do Norte.

Fonte: Felipe Azevedo/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background