Camilo anuncia plano de retomada das atividades econômicas no Ceará; veja

O Governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou, via live nas redes sociais, o plano estadual de retomada das atividades econômicas dividido em uma semana de transição e mais quatro fases de reabertura.

A fase de transição inicia na segunda-feira, 1°  de junho, e vai até o dia 7. Entre as atividades a serem liberadas, estão 30% da industria química, 31% da construção civil, com no máximo 100 operários por canteiro de obra, e lojas da construção civil. Saúde, óticas, escritórios e clínicas de dentista e médicas, assim como serviços de higiene pessoal como cabeleireiro, manicure e barbearia, também terão autorização na abertura, diante de um rígido protocolo que inclui medidas de limpeza e proteção, como aferição da temperatura dos funcionários.

As aberturas estão pautadas no Cadastro Nacional da Atividade Econômica (CNAE), de cada empresa. Veja o plano na íntegra no fim da matéria.

Durante a semana de transição, serão feitas avaliações diárias afim de estabelecer a viabilidade ou não de entrada na fase seguinte. Camilo afirma que, apesar de as fases terem 14 dias previstos de duração para cada uma, não há datas estabelecidas para os inícios. “Tudo vai depender do resultado dessa primeira semana de junho”, afirma o Governador. A escolas, por exemplo, integrarão apenas a quarta fase, provavelmente implantada em julho.

O Secretário de Saúde, Dr. Cabeto, também presente na live, explica que, apesar de o plano ser estadual, o Decreto vai contar com recomendação específica para cada município, pois as realidades sanitárias são diferentes em cada região do Ceará. “Vamos tratar diferentes alguns municípios, porque são situações epidemiológicas diferentes”, afirma ele.

A estratégia é baseada em risco sanitário (atividades de aglomeração) e questão econômica e social. São feitas avaliação na capacidade do sistema de saúde, quantidade de leitos, número de internações, mortalidade, letalidade e critérios territoriais. Também serão realizadas pesquisas de testagem para saber a quantidade de pessoas que já tiveram a doença.

Durante o período de transição o isolamento social continua. “Para que essas fases possam acontecer, é fundamental respeitarmos os Decretos e esses planos. Se a transmissão aumentar, teremos que iniciar um processo mais rígido de controle no Ceará. A nossa prioridade é salva vidas”, afirma Camilo.

Veja plano de retomada na íntegra clicando aqui . O decreto oficial deve ser publicado até o fim da semana.

Fonte: Portal Badalo

Faixa atual

Título

Artista

Background