Camilo suspende via decreto funcionamento de shoppings, bares, restaurantes, lojas e similares no Ceará

Written by on 19 mar de 2020

funcionamento de bares, lanchonetes, academias, lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio, como galerias e shoppings, está suspenso, via decreto anunciado pelo Governador do Estado, Camilo Santana, na noite desta quinta-feira (19), via live nas redes sociais. Também estão suspensas atividades do setor industrial, feiras e exposições, barracas de praia e similares. O decreto entra em vigor nesta sexta-feira (20), seguindo até o próximo dia 29 de março.

Os restaurantes e similares poderão funcionar apenas por serviço de entrega, visto que está vedado o atendimento presencial de clientes nos estabelecimentos.

Estão isentos do decreto supermercados, farmácias e locais que prestem serviços de saúde no interior dos estabelecimentos. A medida de suspensão não se aplica a bares e restaurantes dentro dos hotéis, desde que os serviços sejam exclusivos para hóspedes.

Também não entram na medida, estabelecimentos médicos, clínicas de fisioterapia, atendimentos psicológicos, distribuidoras de água e gás, energia elétrica, funerárias, postos de combustíveis, lojas de produtos para animais, lavanderias e supermercados.

O decreto interrompe o transporte intermunicipal no Ceará a partir de 00h de segunda-feira (23), e a partir desta sexta (20) haverá barreira com fiscalização sanitária na divisa com outros estados para evitar pessoas, produtos ou cargas contaminadas.

Ficam interrompidos, segundo a medida, os serviços do metrô do Cariri e VLT de Fortaleza e Sobral.

Camilo Santana também anunciou ponto facultativo no serviço público, mantendo o funcionamento dos serviços básicos.

O Governador pediu, ao final da live, que houvesse um cuidado maior com os idosos, evitando que estes saiam para fazer compras ou qualquer outro serviço. “É fundamental o cuidado com os idosos no Ceará […] vamos proteger pessoas acima de 60 anos”, afirmou o Governador, completando, “evitem que seus parentes mais velhos saiam de casa”.

Camilo orienta que, caso idosos precisem fazer compras em supermercados ou similares, que os parentes que não são grupo de risco façam esse serviço. “Se o seu pai, a sua mãe seu avô precisar comprar alguma coisa no supermercado, faça [você jovem] o serviço por ele”, finaliza.

Fonte: O Badalo

Imagem: Live @camilosantanaoficial

 


Current track

Title

Artist

Background