Cantor Gabriel Diniz morre aos 28 anos após queda de avião em Sergipe

O cantor Gabriel Diniz morreu nesta segunda-feira (27), aos 28 anos, após queda de um avião de pequeno porte na região Sul de Sergipe. Amigos do artista reconheceram o corpo no local. Os dois pilotos que também estavam no avião, morreram.

Os pilotos do avião já foram identificados, sendo estes Linaldo Xavier, com 3 anos de experiência, e Abraão Farias, que é piloto desde 2012. De acordo com informações, o velório de Gabriel Diniz ocorre em João Pessoa, na Paraíba, terça-feira (28).

Gabriel Diniz, ficou conhecido pelo hit “Jenifer”. O cantor tinha dois shows marcados na Região do Cariri nos próximos meses. Ele se apresentaria no dia 5 de junho, na cidade de Barbalha, na Festa de Santo Antônio, e no dia 18 de julho, em Crato, no Festival Expocrato.

Na noite deste domingo (26), Gabriel Diniz havia feito um show em Feira de Santana (BA). O cantor estava indo encontrar a família para comemorar o aniversário da namorada, karoline Calheiros, que completa 25 anos nesta segunda. Por esse motivo, ele pegou o avião para Maceió.

Em nota, a produtora de Gabriel Diniz disse:

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com está triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde.
Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma“.

Em nota, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse que o avião estava em situação regular, mas não tinha autorização para táxi aéreo. A queda do avião vai ser investigada pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, com sede no Recife e que abrange o estado de Sergipe.

A aeronave é um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro lugares. Segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), aeronaves da categoria “Privada – Instrução” só podem ser usadas para instrução, adestramento de voo por aeroclubes, clubes ou escolas de aviação civil.

Faixa atual

Título

Artista

Background