Casa de Frei Tito vai virar memorial

Símbolo dos direitos humanos no período da ditadura militar, regime que perdurou no Brasil entre os anos de 1964 e 1985, Frei Tito de Alencar não chegou a vivenciar a volta da democracia pela qual lutou. Nascido em 1945 em Fortaleza, adentrou no mundo religioso em 1966, tornando-se frade dominicano. Foi preso e torturado diversas vezes, por diferentes métodos, até sair do País na década de 1970. Em 1974, foi encontrado morto em Paris. A memória de Tito, porém, segue viva e referencial no Brasil até – e ainda mais – nos dias de hoje. Em 2019, 45 anos após sua morte, Fortaleza finalmente ganhará de forma oficial o Centro de Memória Frei Tito de Alencar, que se pretende um local de referência, discussões e ensino sobre liberdades individuais, direitos humanos e democracia.

Fonte: O Povo

Faixa atual

Título

Artista

Background