Ceará deve retomar voos internacionais em setembro

Estagnadas em razão da pandemia, as viagens internacionais partindo do Ceará retomam de forma gradual a partir de setembro e outubro, por meio das companhias Air Europa e Air France, respectivamente. Os destinos são as capitais espanhola, Madrid, e a francesa, Paris. As decolagens para o Exterior também ressurgem sutilmente em todo o Brasil.

Em simulação, pesquisou-se um voo partindo de Fortaleza no dia da retomada (10 de outubro) com destino a Paris, na categoria Light (uma bagagem de mão e um acessório), o valor ficou em R$ 2.331. Na Standard (com um acessório e uma peça de bagagem de porão), sobe para R$ 2.576. Já a Full Flex, que acrescenta ainda reembolso em caso de cancelamentos, salta para R$ 6.321. A companhia planeja seguir com a operação três vezes por semana – quartas, sextas e domingos, conforme adiantou o Blog Jocélio Leal. O secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, acredita que até lá os voos já estejam liberados. A simulação para Madri não constava disponível.

Pelo segundo mês seguido, o número de passageiros aumentou na Capital. Em junho, 50.170 pessoas passaram pelo terminal, crescimento de 75,7% em relação a maio. Mas, na comparação com igual mês de 2019, a queda é de 90,3%.

O professor do Departamento de Engenharia Aeronáutica da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP), James Rojas Waterhouse, acredita que o mercado aéreo terá um longo processo de recuperação, que despontará com as frequências domésticas. Isso porque há severas barreiras sanitárias e proibição de entrega de estrangeiros em diversos países.

Na outra ponta, o consumidor tem se adequado e adotado as tecnologias para reuniões remotas, por exemplo. Nesse contexto, pode ocorrer queda permanente na busca pelo serviço. Com as empresas endividadas e demanda menor, poderá ocorrer uma pressão de custo, reduzindo ainda mais o número de passageiros.

Outro ponto, o lazer também poderá ser remodelado devido a novos hábitos, aumento do desemprego e finanças pessoais no vermelho. “Esses fatores mostram de forma clara uma drástica redução de demanda tanto para voos domésticos e internacionais até a chegada de uma vacina eficiente”, pondera. “Após a vacina, a demanda retornará lentamente, mas longe dos números pré-pandemia. O mercado internacional terá maior impacto”.

Voos retomados no Ceará

Air Europa

A estimativa é que os voos partindo de Fortaleza e Recife para Madrid retornem a partir de setembro. Em São Paulo, a operação começou ontem, 15 de julho, e será realizada três vezes por semana.

Air France

A rota Fortaleza-Paris deve ser retomada a partir de 10 de outubro, com uma operação somente aos domingos. A partir do dia 12 até 25, os voos serão ampliados para as quartas e sextas-feiras, além do domingo.

Em todo o País, as frequências para a Europa já começam a partir de 7 de setembro, voando cinco vezes por semana para São Paulo (GRU) e quatro vezes por semana para o Rio de Janeiro (GIG), e evolui para um voo diário em São Paulo (GRU) e cinco vezes por semana para o Rio de Janeiro (GIG).

Fonte: Portal Badalo

Faixa atual

Título

Artista

Background