Ceará é o 3º estado do Brasil em quantidade de estudantes matriculados em tempo integral

Um levantamento divulgado pelo Ministério da Educação, concluído no final de dezembro, aponta que das 1.532.278 matrículas no Estado em creches, pré-escolas, unidades de ensino fundamental e médio, 21,47% são em tempo integral, o que representa 329.044. Com os dados, o Ceará ocupa o 3º lugar no País em número de inscritos para este tipo de escola. A informação consta do Censo Escolar da Educação Básica 2019.

Dentre os 26 estados do Brasil, apenas Paraíba e Piauí superam, em termos proporcionais, a quantidade de alunos cearenses matriculados em tempo integral. Na Paraíba, o percentual foi de 22,49%. No Piauí, eram 22,30% do total de alunos.

Crescimento

No Ceará, segundo o Censo Escolar, se comparado a 2018, o Estado, em números absolutos, registrou crescimento de matrículas em tempo integral em todos os níveis da educação básica da rede pública.

Nas creches (crianças de até 3 anos), a ampliação do acesso ao tempo integral foi tímida: em 2018, foram 31.672 matrículas em todo o Estado, número que chegou a 34.075 em 2019 (7,6% a mais).

A quantidade de alunos na pré-escola (crianças de 4 e 5 cinco anos), tanto parcial como integral, também registrou aumento: em 2018 foram 156.437 nas salas de aula em um turno; já em 2019, 162.951. Já na integral, eram 167 em 2018, ampliando para 276 em 2019. No Ensino Fundamental, o movimento foi o mesmo: queda do número de alunos cursando apenas um turno à medida em que tempo integral amplia as matrículas.

O Censo também registrou a redução nas matrículas da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os níveis fundamental e médio da EJA perderam juntos 4.442 matrículas de 2018 para 2019.

Fonte: G1

Faixa atual

Título

Artista

Background