Cearenses na lista dos mais procurados do Nordeste são mortos em troca de tiros com a polícia

Dois cearenses suspeitos de participar de roubos a bancos foram mortos em troca de tiros com a polícia durante uma operação na Bahia. Os homens, identificados como Mariano Farias Sampaio, 39 anos, e Darles de Sousa Oliveira, 30 anos, eram considerados uns dos criminosos mais procurados do Nordeste, segundo a Secretaria de Segurança e Defesa Social do Ceará (SSPDS).

A polícia localizou o veículo utilizado pelos criminosos em uma rodovia federal. Com a aproximação dos agentes de segurança, os suspeitos desviaram para uma estrada vizinha e houve troca de tiros, informou a secretaria. Os dois foram baleados e morreram. Na ação, a polícia ainda apreendeu duas pistolas calibre .40.

Havia um mandado de prisão preventiva em aberto no Ceará contra Mariano Sampaio. Com ele, a polícia apreendeu um documento falso. O suspeito já respondia a crimes de roubo a banco e associação criminosa.

Já Darles Oliveira possuía passagens pela polícia do Ceará por furto e falsificação de documento particular. Ambos eram investigados por envolvimento em ações criminosas contra instituições bancárias em outros estados da Federação.

A operação, denominada “Rastro”, foi realizada em parceria com a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe), a polícia civil de Sergipe e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Ceará e da Bahia. Informações repassadas pelo Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) do Ceará levou a polícia aos suspeitos, segundo a SSPDS.

Fonte: Diário do Nordeste

Faixa atual

Título

Artista

Background