Coronavírus: como os fieis se adaptaram as missas on-line

As transmissões de missas por canais de televisão ou redes sociais não é algo novo. Mas foi preciso ressignificar. De acordo com a Diocese de Crato, “há uma presença significativa de fiéis que acompanham não só as celebrações, mas também as programações paroquiais”.

Para Socorro Feitosa, que tem costume de frequentar a Igreja dos Franciscanos, em Juazeiro do Norte, diz que pelo menos duas vezes na semana, assiste celebrações nas plataformas digitais. “Participo das missas on-line e acho muito importante. Já que não pode ir até a igreja, pelo menos on-line a gente consegue participar”, pontuou.

Decreto estadual e plano de retomada econômica

Diante do plano de retomada econômica, as igrejas ficaram para a segunda fase do Plano de Retomada Econômica, divulgado pelo governador Camilo Santana no dia 30 de maio, com apenas 20% da capacidade.

A Diocese de Crato, de acordo com o Bispo Dom Gilberto Pastana, afirmou que “valoriza sempre a vida e que estão contribuindo para que as pessoas sigam no isolamento social”.

Apesar dessa determinação estadual, o município de Crato autorizou a abertura de templos religiosos. O Bispo disse cada município tem seu decreto e que seguirão aguardando um posicionamento do Estado.

Fonte: Portal Badalo

Foto: George Wilson/Portal Badalo

Faixa atual

Título

Artista

Background