De acordo com a Enel, Cariri já registrou mais de 1.400 focos de incêndios este ano

Com condições propícias, como ventos fortes, altas temperaturas e baixa umidade, o número de focos com queimadas no estado vem aumentando em outubro. Na Região do Cariri, só neste mês, foram registradas 621 incidências, representando um aumento de 15%, se comparado ao mês anterior. A região já possui 1.432 registros de focos no ano, sendo as cidades mais atingidas: Araripe (161), Várzea Alegre (140), Crato (101), Missão Velha (100), Barro (93), Santana do Cariri (78) e Assaré (77). De acordo com o Sistema de Monitoramento e Alerta da Enel Distribuição Ceará, que também monitora outras ocorrências, o estado já alcançou o número de 8.399 focos desde o início do ano.

A maior parte dos incêndios está localizada nas regiões Centro – Norte e Centro- Sul, com 50% dos casos. O dia 2 de outubro foi o com maior número de registros, com 484 focos, sendo Barro (88) o município destaque deste dia. Após o fim do período chuvoso e início do período mais seco no Ceará, o número de incêndios tem aumentado mensalmente conforme expectativa.

Sistema de Monitoramento e Alerta

Além de chuvas, ventos fortes, queimadas e descargas atmosféricas, o Sistema de Monitoramento e Alerta auxilia na verificação de possíveis ocorrências na rede da distribuidora, possibilitando que técnicos e engenheiros monitorem, em tempo real, todo o Ceará e, em caso de alguma ocorrência, agir de maneira mais assertiva e rápida. Esse trabalho é realizado 24 horas por dia pelo Centro de Controle do Sistema (CCS), a partir de satélite, com dados fornecidos em tempo real pelo Climatempo, e serve para otimizar o serviço em caso de interrupção no fornecimento de energia.

Cuidados

A Enel orienta a população a não originar incêndios em qualquer tipo de material, por menor que seja o volume, próximo à rede elétrica, pois o fogo pode, além de provocar o desligamento das cargas, danificar os equipamentos e até provocar danos estruturais, o que pode resultar em graves acidentes. Em áreas urbanas, a maior parte das queimadas ocorre em lotes baldios onde há muita vegetação e, muitas vezes, acúmulo de lixo. A distribuidora ressalta que a limpeza dos terrenos e o descarte adequado desses resíduos é essencial para evitar pequenos incêndios próximos à rede.

Para comunicar ocorrências, solicitar serviços ou informações, a população pode entrar em contato com a distribuidora pela Central de Atendimento – 0800 285 0196 – ou pelos perfis nas redes sociais Facebook (www.facebook.com/EnelClientesBR) e Twitter (@EnelClientesBR).

Fonte: Assessoria Enel

Faixa atual

Título

Artista

Background