Destaque no trabalho voluntário, Padre Monteiro faz convite para conhecer a FAC

Todas as terças-feiras, o estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, enche de espectadores nas arquibancadas mesmo sem que ocorra jogos de futebol. As pessoas enchem o local para acompanhar a já tradicional Missa da Misericórdia, com o padre Sebastião Monteiro, missionário e fundador da comunidade católica Filhos Amados do Céu (FAC).

O projeto começou com a Casa da Misericórdia, em Nova Olinda, e “foi sonhado para que de fato vivêssemos o carisma de ser no mundo reflexo do amor de eternidade e, sendo a mão de Deus na vida daqueles que já não têm esperança. O trabalho foi iniciado com dois missionários e com acolhidos, juntamente com Padre Monteiro.

A casa atende hoje cerca de 30 pessoas e tem como principal vetor o acolhimento de dependentes químicos. Tudo é mantido por meio de doações mensais de benfeitores. Foi a relevância e o carisma da FAC que tornou a Missa da Misericórdia numa espécie de fenômeno semanal.

A comunidade é atualmente uma das maiores da região. Além da Casa da Misericórdia, há também o Centro de Evangelização – onde moram os missionários e também ocorre programação semanal com celebração de missa e encontros, em Crato – , e o Santuário Mãe do Belo Amor.

Neste fim de semana, o padre Monteiro gravou um vídeo mostrando um pouco da obra e faz um convite para que pessoas possam conhecer o projeto e visitar a Casa da Misericórdia.

Fonte: Felipe Azevedo/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background