Escola de Saberes realiza evento para curiosos sobre a história e ´causos´ da antiga Barbalha

Acontece nesta sexta-feira, 10, o primeiro “Café com Memória” na Escola de Saberes, em Barbalha. Reunindo historiadores, memorialistas, estudantes e curiosos em geral, o evento realiza uma roda de conversa sobre acontecimentos históricos, ‘causos’ notáveis e fatos pouco conhecidos que marcaram a trajetória do município.

Nesta primeira edição, as forças hídricas de Barbalha e o ‘milagre’ do Caldas são tema para o memorialista Arilo Luna. O evento é gratuito, aberto a comunidade e começa às 19h30, na sede da Escola.

Conforme explica o geógrafo e historiador Josier Ferreira, membro da Escola de Saberes, as águas sempre foram importantes para o Cariri e, em Barbalha, reservam histórias curiosas, como as engenharias aplicadas para abastecer a vila antes mesmo de existir canos PVC e o ‘milagre’ produzido pelas águas calcárias do Caldas, atribuído ao Padre Ibiapina.

“Em 1862, antes mesmo do ‘milagre de Juazeiro’, houve o ‘milagre do Caldas’, onde Padre Ibiapina recomendou que uma mulher com dores reumáticas se banhasse para se curar, e se curou. A partir daquele evento, iniciou-se uma romaria de nordestinos rumo à Barbalha”, conta Josier.

Fonte: Alana Soares/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background