Estado emocional das pessoas pode afetar saúde bucal, afirma dentista do Hapvida

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 90% da população mundial sofre com problemas relacionados ao estresse. Seja pelo excesso de trabalho, desemprego, endividamento, crise familiar, doenças. Atualmente, além desses fatores, com a chegada da Covid-19, o medo constante de contaminação passou a ser motivo de aflição e ansiedade. Os sentimentos de estresse, ainda quando ocultados pelo indivíduo em sociedade, não passam despercebidos pelos sistemas corporais.

Quando a mente sofre, o corpo sente, dando sinais. Como uma maneira de extrapolar a agonia e até mesmo tentar controlar o episódio de crise, muitos passam a trincar os dentes, forçando a mandíbula, como se mordesse algo, mas nada é mastigado. A situação pode ficar tão séria ao ponto do ranger de dentes se estender até mesmo durante as horas de sono. Estes sinais estão relacionados a uma doença denominada bruxismo. Comum entre o público infantil, a patologia tem ganhado repercussão durante a vida adulta, em resposta ao crescimento dos níveis de estresse. Independente da idade, os casos requerem ajuda profissional.

Para a cirurgiã-dentista do Sistema Hapvida, Natália Lima, “O bruxismo desencadeado por episódios de estresse pode estar associado a dores musculares em regiões da face, pescoço e coluna. Durante o tempo da pandemia é comum receber pacientes estressados que apresentam estes sintomas”. Como as pressões realizadas entre os dentes, geram inflamações musculares? A resposta é simples, o conjunto de músculos da mandíbula estão interligados aos da face, costas e cabeça. Ao realizar frequentes pressões sob estas estruturas, os músculos são comprimidos a tal ponto que passam por processos inflamatórios, atingindo ramificações nervosas e músculos vizinhos, gerando dor.

A especialista aconselha que para o diagnóstico e tratamento correto é necessário buscar ajuda de algum profissional da área da saúde, mais precisamente de um dentista. Ao cuidar da saúde bucal, hábitos como o bruxismo, poderão ser controlados, evitando assim desconfortos e dores musculares que em nada contribuem para diminuição do estresse.

Fonte: Assessoria Commonike

Faixa atual

Título

Artista

Background