Evento em homenagem aos 90 anos de Sérvulo Esmeraldo conta com residências artísticas no Cariri

A Universidade Regional do Cariri (URCA), junto ao Instituto Sérvulo Esmeraldo, irá realizar de 30 de outubro a 30 de novembro, o Festival Sérvulo Esmeraldo 90 anos, em homenagem ao artista plástico cratense que ganhou o mundo com suas formas geométricas que influenciaram a arquitetura. O evento contará com residências artísticas, fomento de cursos de pesquisas, oficinas e exposições que contemplem o resultado dos trabalhos residentes e de outros profissionais das artes plásticas.

Os interessados em participar no evento podem encaminhar propostas através de ficha de inscrição a ser enviada para o email institutoservuloesmeraldo@gmail.com, com prazo até 24 de outubro. O resultado será publicado no dia 26 de outubro, no site da URCA.

Homenagem a Sérvulo

A ideia do festival é colaborar para a formação dos artistas e o fortalecimento do meio cultural no âmbito das Artes Visuais no Crato e em toda a Região do Cariri. Com ênfase na importância da informação, do conhecimento e do intercâmbio cultural, o Festival Sérvulo Esmeraldo 90 Anos movimentará a cena local com uma programação dinâmica e inspiradora.

Em reconhecimento ao legado do grande artista cearense nascido no Crato em 1929, o Governo do Estado institui por medida de Lei o Ano Cultural Sérvulo Esmeraldo, comemorativo dos 90 Anos que ele completaria em 2019. Para celebrar a efeméride, o Instituto Sérvulo Esmerado realizará na terra do Mestre o Festival Sérvulo Esmeraldo 90 Anos, com uma programação que contemplará Residências Artísticas, Curso de Pesquisa, Curadoria e Exposições, Oficina preparatório para Professores de Arte do Ensino Fundamental, Exposições Coletiva, resultante das Residências artísticas e Exposição Individual do artista Maciej Babinski.

Um de seus últimos trabalhos em vida foi a exposição “Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato”, em que algumas das principais peças de seu acervo estiveram expostas na universidade e na Encosta do Seminário, durante alguns meses entre 2016 e 2017. Sérvulo Esmeraldo faleceu em 1º de fevereiro de 2017 em Fortaleza, aos 87 anos.

Realizado em parceria com a URCA, o Festival Sérvulo Esmeraldo 90 Anos celebra vida e arte do artista plástico e tem curadoria de Dodora Guimarães, viúva do artista e presidente do ISE, e do renomado crítico e curador Marcus de Lontra Costa.

Residências Artísticas

Serão nove dias de imersão e compartilhamento, coordenados por Gentil Barreira, Mônica Nador e Rochelle Costi. Os artistas residentes mergulharão nas águas do Cariri cearense, cada um com 15 artistas inscritos e selecionados para a experiência. Tanto Rochelle Costi e Mônica Nador, artistas visuais reconhecidas por operarem com trabalhos colaborativos, como o fotógrafo Gentil Barreira, que por mais de 30 anos fotografou a obra de Sérvulo Esmeraldo, estarão muito atentos ao Crato e sua rica região. Vagas para 15 participantes por Residência.

Cursos de Pesquisa

Voltado para artistas, estudantes de arte, gestores e agentes culturais, o curso de pesquisa busca apoiar a formação de profissionais comprometidos com a realidade contemporânea, com as intersecções da arte com as esferas culturais, e com a produção de exposições como instrumento de reflexão e
transformação do mundo. Este será ministrado pele crítico de arte e curador Marcus de Lontra Costa.

A primeira parte do curso envolve a apresentação de um breve histórico dos agentes do sistema de arte, reflexão sobre o lugar da crítica, as instituições e o mercado e a discussão do papel do Curador como intermediação entre o produto artístico e o público. Na segunda etapa o curso abordará o mundo contemporâneo, refletindo sobre a crise da utopia, a arte como uma instância, um instrumento de pesquisa e reflexão, o novo lugar do curador como agente articulador de informações e mensagens e o que significa o processo expositivo diante de um mundo dominado pela informação e determinado pela virtualidade. Por fim o curso organiza uma análise de projetos expositivos, possibilitando percorrer todas as etapas que compõem o processo curatorial. Vagas para 30 participantes.

Oficinas Preparatórias

Serão realizadas, ao todo oficinas divididas em três etapas, voltadas a professores de Artes que atuam na Educação Básica e ministrada pelo artista e educador Paulo Portella Filho. A primeira etapa será uma oficina articulada às proposições do curso de Marcus de Lontra Costa, trabalhadas num espectro extensivo e mais focado para o público infanto-juvenil. Práticas com o grupo de Professores de Artes do Ensino Fundamental.

A segunda será voltada a momentos de análise e interpretação da arte a partir de conjuntos apresentados ao grupo, com elementos localizados nas exposições. Já na terceira etapa ocorrerá constituição de um ateliê para ser visitado por grupos visitantes das exposições. Essa atividade de caracterização do ateliê terá a participação ativa do grupo de professores e educadores, que estará apto a compreender e a explorar as riquezas levantadas durante o Festival Sérvulo Esmeraldo 90 Anos.

Exposições

Por fim, o evento irá comtemplar oficinas coletivas que irão trazer o resultado das pesquisas dos artistas residentes no projeto. Com curadoria de Marcus Lontra Costa e Dodora Guimarães, a Exposição Coletiva Conclusiva das Residências Artísticas deverá acontecer no Salão da Terra, da Universidade Regional do Cariri – URCA, no Campus Pimenta, podendo se estender para outros espaços, dependendo da natureza dos trabalhos.

Ocorrerá também uma exposição para reconhecer e festejar a presença de Maciej Babinski, nascido na Polônia (Varsóvia,1931), que adotou o Cariri cearense há 27 anos – não como refúgio, mas como campo de expansão para a sua vida e para o exercício da arte com a maior liberdade possível. Com residência e atelier em Várzea Alegre, o artista das filigranas agigantou-se no sertão do Cariri.

Fonte: O Badalo

Faixa atual

Título

Artista

Background