Exclusivo! Polícia de Barbalha fecha fábrica clandestina de armas de fogo

A polícia de Barbalha descobriu nesta terça-feira uma fábrica clandestina de armas de fogo, cuja oficina promovia ainda consertos e cuidava, também, da comercialização. Por volta das 09h30min da manhã de ontem uma denúncia anônima foi repassada para o Centro de Operações Policiais Militares (Copom) de Barbalha segundo a qual uma pessoa conhecida por João Marculino respondia pelos negócios.

Imediatamente, uma patrulha da Força Tática (FT) foi até à Rua Eloiza Coelho de Alencar no Povoado do Caldas na zona rural de Barbalha para averiguar a denúncia recebida. Quando o Cabo Morais Bem e os Soldados Sousa e Carlos chegaram ao local viram que o citado João Marculino se embrenhou num matagal e foi perseguido, mas os policiais não conseguiram prendê-lo.

No imóvel, foram apreendidas duas espingardas tipo socadeiras e outra calibre 28, seis munições calibre 28 com três deflagradas, um cartucho vazio 762, três recipientes de plástico contendo pólvora, cinco recipientes com chumbo e outro repleto de espoletas. Além disso, uma bolsa de tecido para guardar a espingarda calibre 28 e mais seis canos de espingarda socadeira quando todo o material foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Barbalha.

Fonte: Demontier Tenório/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background