Grito dos Excluídos em Barbalha chama atenção para preservação ambiental

O Grito dos Excluídos está completando 25 anos. O primeiro evento foi realizado em 1995, fruto da Segunda Semana Social Brasileira, promovida pela Pastoral Social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Trata-se de um conjunto de manifestações populares que tem lugar na Semana da Pátria e culmina com o Dia da Independência do Brasil em 7 de setembro. O tema deste ano é “Vida em primeiro lugar”, com o lema “Este sistema não vale: lutamos por justiça, direitos e liberdade”.

Em Barbalha, na manhã deste domingo, dia 1º, as paróquias Santo Antônio e São Vicente de Paulo reuniram representantes das pastorais sociais e comunidades eclesiais de bases, para fazer ecoar, pelas ruas do centro da cidade, um grito pela preservação ambiental. Associações da sociedade civil também participaram. A concentração aconteceu na Igreja do Rosário. De lá, os participantes seguiram, em caminhada, até o bairro Belo Vista, percorrendo, aproximadamente, 2,5 km, com faixas e cartazes.

“Anunciando um novo céu e uma nova terra, olhando os canais, as águas, os lixões, as árvores, nós queremos assumir o nosso profetismo. Também queremos dialogar com a população sobre democracia e sobre os direitos que temos. É um olhar também para a cidade. Que cidade nós temos e que cidade nós queremos? Então, essa também é uma caminhada pela vida”, disse Angelita Maciel, da coordenação do Conselho Diocesano de Pastoral.

Em Crato, o “Grito dos Excluídos” está marcado para o próximo dia 7 de setembro, com início às 8h, na Praça São Vicente (em frente ao Santuário Eucarístico Diocesano). De lá, segue para a Praça da Sé. É organizado pela Cáritas Diocesana de Crato, em parceria com a Forania I (paróquias de Crato), associações da sociedade civil e universidades públicas.

Na cidade vizinha, Juazeiro do Norte, o evento também acontece no dia 7, mas às 7h, na Avenida Castelo Branco, nas proximidades do Parque Ecológico. Organizado pelo Ministério da Caridade da Forania II (paróquias Barbalha, Juazeiro e Caririaçu), a edição do evento também faz alerta para a preservação ambiental. Na ocasião, vai ser feita coleta de assinaturas para a limpeza do Riacho das Timbaúbas. A ideia é apresenta-las ao poder público municipal, na intenção de que sejam tomadas as providências devidas.

Fonte: Patrícia Mirelly/Assessoria de Comunicação da Diocese de Crato

Faixa atual

Título

Artista

Background