Igreja Católica avança processo que poderá santificar Frei Damião

Uma decisão do Papa Francisco neste sábado (6), deixou Frei Damião de Bozzano, missionário que atuou no Nordeste no século 20, mais perto da beatificação. Um decreto  reconheceu como venerável o frade capuchinho, que nasceu na Itália e morreu no Recife. As informações são do G1 Pernambuco.

“Houve o reconhecimento pela Comissão dos Bispos e Cardeais. É o penúltimo passo antes da beatificação”, afirmou Frei Jaciel Gomes, postulador da causa e responsável pelo acompanhamento do processo de beatificação e canonização de Frei Damião. Gomes informa também que o decreto do Papa Francisco reconhece para a comunidade da Igreja Católica que Frei Damião exerceu, em grau heroico, as virtudes cristãs.

“Falta, agora, o reconhecimento de um milagre para ele ser considerado beato”, acrescentou Gomes. Para Frei Damião ser considerado santo, é preciso comprovar mais um milagre.

O processo de beatificação e canonização de Frei Damião foi aberto em 2003. O primeiro passo foi dado quando a Igreja Católica reconheceu o capuchinho como Servo de Deus.

Fonte: Felipe Azevedo/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background