“Isso é coisa da Idade das Trevas”, diz Cid sobre críticas do governo a universitários

O senador Cid Gomes (PDT) rebateu críticas de aliados do governo federal aos protestos contra o bloqueio de verbas na educação de que os manifestantes eram “fumadores de maconha”. Durante debate cortes no Ministério da Educação (MEC), na Assembleia Legislativa, na manhã desta sexta-feira (31), o parlamentar cearense disse que isso é “coisa da Idade das Trevas”.

Ao lado de reitores de universidades do Estado e de institutos federais, Cid Gomes disse que esperava um estudo para desmistificar “boa parte dos mitos” reproduzidos pelo governo federal. Entre eles, o de que os campus universitários são “antros de jovens fumando maconha”.

“Isso é coisa da Idade das Trevas, coisa de quem não tem um mínimo de consciência, de responsabilidade com o Ensino Superior. É importante a gente não perder espaço para difundir a necessidade de nos mobilizarmos e lutarmos para rebater essa inciativa das trevas, medieval. É assim que eu enxergo, (isso) imporá o Brasil a um retorno a obscuridade”, criticou.

O evento foi uma iniciativa do presidente da Assembleia, deputado José Sarto (PDT), em conjunto com outros parlamentares estaduais.

Participam da palestra reitores da Universidade Federal do Ceará (UFC), Henry Campos, do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Virgílio Araripe, da Universidade Federal do Cariri (UFCA), Ricardo Luiz Lange Ness, e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab), Alexandre Cunha Costa.

A bancada federal de parlamentares cearenses foi convidada, mas apenas o senador Cid Gomes e o deputado Robério Monteiro (PDT), opositores ao governo de Jair Bolsonaro, marcaram presença. Aliados do governo na bancada não compareceram. Representantes do Ministério da Educação (MEC) também foram convidados, mas não estiveram presentes.

Fonte: Diário do Nodeste

Faixa atual

Título

Artista

Background