Locutor “Lombardi” de Juazeiro morre após acidente com moto e será sepultado hoje

O corpo do radialista José Filho da Silva, de 49 anos, o “Lombardi”, está sendo velado desde a noite desta segunda-feira no Centro de Velório da Funerária Vida na Rua São Paulo, 1489 (Franciscanos) em Juazeiro com sepultamento previsto para às 15h30min de hoje no Cemitério do Socorro após missa, às 14 horas, no local do velório. Ele morava na Rua Cônego Climério (Bairro Timbaúbas) e morreu na noite deste domingo num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) acometido de traumatismo craniano.

Como a família tinha autorizado a doação dos órgãos após o diagnóstico de morte cerebral, a captação só foi possível na manhã de ontem. O mesmo tinha se envolvido num acidente com sua moto há três semanas na rotatória do Aeroporto quando terminou socorrido ao hospital, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu. Costumeiramente, “Lombardi” trabalhava fazendo campanhas publicitárias em portas de lojas e, na maioria das vezes, na Zenir Móveis no centro de Juazeiro.

Esta foi a primeira morte em consequência de acidente de trânsito no mês de julho em Juazeiro e a 16ª do ano no município. A última tinha acontecido no dia 23 de maio quando Tarcizo Alves da Silva, de 31 anos, que residia na Travessa Nelson Tavares na Vila Padre Cícero (Palmeirinha) e trabalhava como reciclador, morreu no HRC. Ele foi atropelado por um caminhão que descarregava lixo no aterro sanitário às margens da CE-060 na Palmeirinha.

Fonte: Demontier Tenório/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background