Missa do Padre Cicero nos 85 anos de sua morte com público recorde em Juazeiro do Norte

Written by on 20 jul de 2019

Aconteceu na manhã deste sábado, 20, às 06h, a missa em homenagem aos 85 anos da morte do Padre Cícero Romão Batista, com público recorde na cidade de Juazeiro do Norte, Ceará. O pátio da Capela de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro foi tomado por fiéis de todas as partes do pais, que, mais uma vez estiveram rezando e pagando suas promessas ao Padre Cícero e Nossa Senhora das Dores. Juazeiro do Norte que também é considerado com o “espaço religioso do homem nordestino”, desde o ultimo dia 17 que vem recebendo romeiros e turistas todos os dias.

Padre Cícero que faleceu em 20 de julho de 1934, desde o dia de sua morte uma missa é celebrada em seu louvor, reunindo multidões em praça publica. A cada ano tem aumentado o número de participantes nas missas. Na data de sua morte, 20 de julho, sempre comparece muitos fiéis. Neste sábado, a presença das pessoas na missa surpreendeu, provando que a fé e a devoção a Padre Cícero está cada vez mas forte.

A missa do Padre Cícero ou missa do dia 20 como é mais conhecida, foi assistida por milhares de pessoas em todo Brasil e em boa parte do mundo, através da TV e Internet. Segundo o prefeito Arnon Bezerra que participou da missa ao lado do filho, o deputado federal Pedro Bezerra, “|esse momento é único em todo país. Nao se tem notícias em lugar nenhum do nosso Brasil, de um evento dessa magnitude, que reuna tanta gente para rezar e cantar em praça pública”, afirmou o prefeito Arnon.

O bispo diocesano de Crato, D. Gilberto Pastana, ladeado por padres de diversas paróquias do Ceará, do Nordeste e até do Sul e Sudeste, presidiu a celebração. Durante o sermão, D. Gilberto lembrou as virtudes do Padre Cicero e destacou sua luta em defesa dos mais pobres. Lembrou ainda que a igreja continua firme na defesa da vida e pediu a todos que se unam contra as perseguições e falsas promessas no dia a dia de cada um. Emocionado, o bispo diocesano se irmanou a todos os romeiros, quando um helicóptero fez um voo rasante, para soltar pétalas de rosas na multidão.

Fonte: Roberto Bulhões


Current track

Title

Artist

Background