Mostra Sesc de Culturas Cariri 2019 traz intensa programação em novembro

De 8 a 12 de novembro, a Mostra Sesc de Culturas Cariri traz uma programação intensa agregando mais de 300 atividades gratuitas em 23 cidades do Cariri, protagonizadas por mestres da cultura, brincantes, artistas locais e de outros estados.

Assim como acontece todos os anos, a Mostra Sesc de Culturas no Cariri tem início com os tradicionais cortejos dos grupos de tradição pelas ruas da cidade de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. Já o show de abertura, que acontece no dia 8, às 20h, no Parque de Exposição Pedro Feliciano Cavalcante (Crato), fica por conta da cantora Gal Costa. No final do encontro, no dia 12, quem se apresenta é o cantor e compositor Nando Reis, que leva para o Largo da Matriz (Juazeiro do Norte) a turnê “Esse Amor Sem Preconceito”.

Para os shows de abertura e encerramento, além dos espetáculos e apresentações em lugares fechados é necessária a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis a serem trocados nas Unidades Sesc, em Juazeiro do Norte ou Crato, conforme limite de capacidade dos espaços.

Durante a Mostra, vão acontecer ainda diversas atividades culturais, como forma de reforçar a pluralidade do projeto. Além dos artistas convidados, mais de 70 trabalhos foram selecionados por curadoria, levando ao público o melhor da arte e da cultura de estados como Ceará, São Paulo, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Pernambuco, Paraíba, dente outros. No total, a programação tem a participação de 16 estados do País.

Tanto o público quanto os participantes vão ter a oportunidade de trocar ideias e experiências, a partir do intercâmbio de conhecimento. O fazer artístico e suas variadas expressões, questões de acessibilidade, sustentabilidade, manifestações populares, patrimônio imaterial e memória social são apenas alguns dos temas que vão ser discutidos e partilhados ao longo dos cinco dias da Mostra.

Pluralidade
Em 2019, a programação musical é marcada pela participação de artistas como Curumin, Siba, que acaba de lançar o disco “Coruja Muda”, Yannick Delass, compositor, cantor e guitarrista original da República Democrática do Congo e Cidadão São-tomense, Mestre Luiz Paixão, de Olinda, dentre outros. Além disso, as bandas Casa de Velho e Projeto Rivera, que vêm ganhando cada vez mais destaque no cenário local e nacional, também se apresentam na Mostra.

Nas Artes Visuais, um dos destaques é a exposição Arte Têxtil, da artista cearense Andréa Dall´olio, que poderá ser vista na Galeria de Arte do CCBNB. Na mostra, as telas em tecidos interagem com a própria pintura, de modo a enaltecer o valor artístico do bordado, que é uma tradição reconhecida da cultura cearense. O resultado é uma multiplicidade de formas e temas expressos dentro do abstracionismo, numa técnica tridimensional que cria volume e expande do suporte da pintura tradicional.

A Mostra também vai receber a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, com a Desmontagem Evocando os Mortos – Poéticas da Experiência. O espetáculo refaz o caminho do ator na criação de personagens emblemáticos da dramaturgia contemporânea. Constitui um olhar sobre as discussões de Gênero, abordando a violência contra a mulher em suas variantes, questões que passaram a ocupar centralmente o trabalho de criação do grupo. Essa não é a primeira vez que o Evocando Mortos passa pela Mostra Sesc Cariri. O espetáculo está na programação deste ano justamente por ter sido um divisor de águas na comunidade artística da região.

Acessibilidade e educação ambiental

Vale destacar ainda que, nesta edição, haverá tradução em LIBRAS em duas atividades do eixo Literatura. A apresentação “Bichos, Cantos em Encantos”, por exemplo, reúne histórias da tradição oral de povos indígenas e povos africanos, além de um belo conto de autor com temática indígena. Já em “Conte a Sua”, misto de cena, histórias, música e jogo, traz a personagem de máscara Véia do Bambu, numa representação da música Tango no Mango (Uzina), clássico da cultura popular brasileira. A proposta é estimular a troca de experiências – matéria-prima para o ser narrativo que habita cada um de nós.

Como forma de estimular atitudes sustentáveis, a Mostra apresenta, mais uma vez, o projeto Pensando Verde, em que o público vai poder participar de oficinas, vivências e troca de livros por mudas de plantas. E, como não poderia deixar de ser, grupos tradicionais da região vão se apresentar durante todo o encontro. Além dos cortejos, grupos de reisado, guerreiros, de dança, capoeira, bandas cabaçais e grupos de coco, por exemplo, animam as ruas, praças e terreiros, celebrando a diversidade e o berço cultural do Cariri.

Sobre a Mostra Sesc de Culturas Cariri
Idealizada pelo Departamento Regional do Sesc Ceará, instituição que integra o Sistema Fecomércio-CE, a Mostra Sesc de Culturas é palco de difusão das mais diversificadas manifestações artísticas e culturais. Realizada no Cariri, transforma a região em cenário para apresentações de espetáculos de teatro, dança, circo, exposições, shows, rodas literárias, performances poéticas e mostras de cinema e vídeo.

Ao longo das edições, mais de 6 milhões de espectadores já acompanharam peças de teatro, apresentações musicais e de dança, grupos de tradição popular, exposições, entre muitas outras atividades. A abrangência da programação é outro marco, com início apenas no município de Crato e está, atualmente, em 23 cidades da região do Cariri.

Desde 2004 (6ª edição), a Mostra não tem caráter competitivo, tornando-se espaço de estímulo à produção, nas diversas áreas artísticas, com proposta de intercâmbios culturais, favorecendo o desenvolvimento de projetos colaborativos e de coletivos independentes, nas mais variadas categorias. Os artistas, de todas as regiões do Brasil, veem no projeto uma forma de fortalecer as múltiplas linguagens artísticas, bem como promover encontros e beber na rica fonte cultural caririense.

Fonte: Site Badalo

Faixa atual

Título

Artista

Background