Nota de Repúdio termina com um final surpreendente em Crato

Written by on 21 dez de 2019

A Comunidade Missão Resgate emitiu nesta sexta-feira (20), uma nota de repúdio aos ataques de um radialista contra a Associação e seu fundador. A nota destaca o trabalho desenvolvido há quase 20 anos, reconhecido em todo o Brasil e no exterior por salvar e resgatar vidas das drogas, alcoolismo, prostituição, depressão e outras situações que desolam a sociedade atual.

Mas o surpreendente é que ao invés de fazer ataques ao radialista, a Comunidade perdoa os insultos sofridos e ainda se compromete em rezar por sua felicidade. Em um mundo marcado pelo ódio nas redes sociais e os constantes combates travados com acusações a Missão Resgate abre os braços e o coração para ajudar o agressor, caso ele algum dia necessite.

Leia a nota na íntegra:

NOTA DE REPÚDIO

“Nós da Comunidade Missão Resgate repudiamos os ataques de um radialista da Plus FM, a honra do nosso fundador, Geraldinho Correia e da nossa Associação.

Essas afirmações do radialista causam profunda indignação e merecem absoluto repúdio. 

Em defesa da verdade histórica e da honra do Missionário Geraldinho Correia, é preciso dizer com todas as letras que não é ele quem é do mal. Muito pelo contrário, ele tem se dedicado a espalhar o bem, resgatando vidas das drogas, do alcoolismo, da prostituição,  da depressão e de tantas outras situações que desolam nossa sociedade atual. Trabalho que vêm desenvolvendo há quase 20 anos reconhecido em todo o Brasil e no exterior.

Quanto a doação do terreno para a nossa Associação, a finalidade é a Construção de um Centro Social de acolhida, apoio, aconselhamento e Formação que contribuirá na ajuda e tratamento de pessoas que passam por depressão e vícios, sendo assim, uma imensa contribuição para o município do Crato e toda a região do Cariri, inclusive acolhendo os romeiros que visitam a Estátua de Nossa Senhora de Fátima.

A Comunidade Missão Resgate lamenta que o radialista revele não conhecer a missão da nossa Associação, que conta com mais de 5.000 participantes e 300 missionários e use termos injustos para insultar aqueles que não fazem outra coisa senão doarem suas vidas para semear o amor no mundo. Como fazemos hoje, mais uma vez, ao afirmar que perdoamos estes insultos sofridos, ao mesmo tempo, em que rezamos pela sua conversão e felicidade. Se algum dia precisar de nossa ajuda, saiba que estamos de braços e corações abertos para lhe ajudar”.

Conselho Geral

Associação Comunidade Missão Resgate 

20 de dez de 2019

Tagged as

Current track

Title

Artist

Background