Palácio Episcopal do Crato passa por reforma e restauração da fachada original

Uma das edificações mais tradicionais do Crato, o Palácio Episcopal da Diocese cratense está passando por reforma para restauração interna e recuperação de sua fachada original da década de 1940. Na operação, revestimentos e azulejos que hoje enfeitam a fachada serão removidos. A obra tem investimento de R$ 100 mil, custeados pela própria Diocese.

Segundo o arquiteto e engenheiro responsável pela obra, Waldemar Arraes de Farias Filho, a finalidade é preservar a edificação na sua forma original. “O estilo arquitetônico será completamente mantido contribuindo para a preservação da história do edifício”, garante.

“Em termos de elementos decorativos e compositivos, não será alterado nada, pelo contrário, com a retirada dos azulejos descobrimos novos elementos escondidos por eles”, complementa.

Idealizada e erguida pelo próprio Dom Francisco, o Palácio Episcopal, também conhecido como “Casa do Bispo”, teve seu telhado restaurado, o interior passará por manutenção e homens já trabalham na recuperação da fachada.

A edificação continuará funcionando como residência oficial do Bispo e seu funcionamento se dá pela Cúria Diocesana.

(Colaborou Patrícia Silva).

Fonte: Alana Soares/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background