Patrulha Maria da Penha inicia em Juazeiro com ronda 24h

Patrulha Maria da Penha inicia em Juazeiro do Norte. O patrulhamento visitou vítimas de violência com medidas protetivas em quatro bairros do município. As vítimas aceitaram receber visitas periódicas dos patrulheiros para inibir a aproximação dos agressores. O patrulhamento está sendo realizado por uma equipe de 16 guardas civis, oito homens e oito mulheres, atuando 24h por dia, inclusive nos nais de semana e feriados. Os patrulheiros estão orientando as mulheres vítimas de violência sobre seus direitos e as formas de denunciar.

As denúncias podem ser realizadas por telefone, ligando para o número 153, ou através de um aplicativo disponível para celulares Android, o app Shout, que em português significa
grito. O anonimato da denúncia é preservado pelo telefone e pelo aplicativo.

“As mulheres já mostram que estão se sentindo mais seguras e estão dizendo que vão acionar a GCM em caso de ameaça”, afirma a Secretária de Segurança Pública e Cidadania, Ivoneide Antunes. A titular da Pasta também reforça que, se descumprir a medida protetiva, o agressor pode ser preso.

Juazeiro do Norte é a cidade com maior número de casos de violência contra a mulher no interior do Ceará. Até agosto deste ano foram registrados 1.235 boletins de ocorrência, 423 medidas protetivas, 404 inquéritos policias e 92 prisões. Os dados são da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município.

Fonte: Site Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background