Prefeitura quer punir quem prejudicou concurso de Juazeiro do Norte

Uma nota da prefeitura de Juazeiro lançada nesta segunda-feira (28) exime a gestão dos contratempos durante aplicação de provas do concurso no domingo, 26. Tudo é de responsabilidade da UFC, contratada para realizar e organizar o trâmite, diz o texto.

A ação do Ministério Público vem sendo destacada pela prefeitura. Ao sinal de que havia tumulto no campus da URCA Pimenta, em Crato, três promotores foram até o local para averiguar as denúncias.

“Os responsáveis serão punidos”, relata ainda a nota.

“A Prefeitura Municipal se solidariza com todos os candidatos que se sentiram prejudicados, principalmente os que vieram de outras cidades e estados e aguarda o posicionamento formal da UFC, por meio de relatório, justificando todo o ocorrido”.

O concurso é voltado à contratação imediata de pelo menos 1.800 servidores, com disponibilidade de vagas para cerca de 7 mil cargos. Neste domingo, prestaram concurso 36.852 candidatos, em 30 locais de realização dos exames de seleção, nas cidades de Crato e Juazeiro do Norte.

Fonte: Felipe Azevedo/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background