“Prendemos quase todos os envolvidos com esses ataques. Vamos prender todos”, garante Camilo

Com 147 pessoas presas até o último domingo, 29, o governador Camilo Santana (PT) disse que já foram detidos “quase todos” os envolvidos nos ataques registradas no Ceará desde sexta-feira, 20. “Vamos prender todos, todos irão pagar por essas covardias que estão sendo causadas à população do Ceará”, disse o petista. Em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, 30, ele disse que não irá rever as políticas de combate ao crime organizado. “Não vamos arredar um milímetro no combate ao crime organizado”, disse.

Para o governador, as ações criminosas dos últimos dias são um sinal de que as facções estão incomodadas com a postura adotada pelo Governo do Estado. “Estamos desmantelando o crime no Ceará. O sistema prisional cearenses hoje é um sistema sem comunicação, disciplinado, com muito rigor. O Ceará será modelo na questão do sistema prisional para o País”, disse Camilo Santana.
Desde o início dos ataques, o governador vem reafirmando a postura de que não irá recuar. “Muito pelo contrário, seremos cada vez mais rigorosos com quem desrespeitar a lei. A possibilidade do retorno às regalias nos presídios é zero”, disse ele em texto publicado nas redes sociais no último dia 23 de setembro.

Fonte: O Povo

Faixa atual

Título

Artista

Background