Primeiro encontro do ano da CRB, núcleo Cariri, trata sobre Iniciação à Vida Cristã

Além de ser um momento de irmandade entre os diversos carismas religiosos existentes na diocese de Crato, as reuniões da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), núcleo Cariri, também trazem formações para os diversos membros. A primeira deste ano, realizada neste sábado, dia 27 de abril, no Salão da Paróquia São Francisco das Chagas, em Juazeiro do Norte, tratou sobre a Iniciação à Vida Cristã (IVC).

O Projeto tem sido assumido por toda a diocese e deve ganhar força maior com a adesão das religiosas e dos religiosos presentes na região diocesana. “É importante que eles façam a adesão ao IVC porque são pessoas que estão em contato direto com os fiéis, nas diversas pastorais. Eles alcançam um público que, de certo modo, a gente como padre na paróquia, não tem esse alcance”, disse o padre José Vicente Pinto, vigário geral da diocese de Crato, que ministrou o momento formativo do encontro.

O desejo da parte dos membros da CRB é manter a unidade, estando atentos e acompanhando o caminhar missionário da evangelização da Igreja Diocesana. “Nós estamos unidos a Igreja, principalmente nesta diocese em que estamos presentes, então para mantemo-nos unidos é bom ter o conhecimento do que a diocese está pedindo a nós religiosos, por isso uma das principais pautas de hoje é o momento formativo sobre o IVC”, informou a irmã Maria Sônia dos Santos, da Congregação Irmãs da Caridade de Jesus, coordenadora da CRB, núcleo Cariri.

Mas além do momento formativo, este encontro, que é realizado quatro vezes ao ano, conta também com momento de oração e confraternização entre os participantes. No almoço, comem juntos e, nos intervalos, é fácil se ver a alegria, externadas em cânticos, celebrando a vocação. Como parte da programação eles também partilham, em plenária, alegrias e dificuldades da caminhada vivida em cada carisma, sendo assim uma oportunidade de renovação vocacional.

Para entender melhor

O Projeto de Iniciação à Vida Cristã visa uma revisão do procedimento catequético para que os fiéis possam abraçar, com clareza, as exigências do compromisso batismal, sendo autênticos cristãos.

“Nós temos vivido, devido uma história até aqui, de um modo inverso. Primeiro a gente teria que fazer um anúncio da boa nova, do evangelho, para puder fazer a catequese, ou seja, as pessoas aderem a Jesus e depois vão ser educadas na fé, para saber como vão vivenciar essa adesão, mas até aqui nós vivemos uma catequese do modo contrário, as pessoas vão trabalhando essa adesão sem tê-la feito. Isso complica porque a pessoa recebe uma doutrina sem saber quem é Jesus, qual é o compromisso do evangelho. Primeiro eu preciso conhecer, me tornar amigo de Jesus para saber como vou viver essa amizade”, explicou o padre José Vicente sobre o sentido do Projeto IVC.

Na Diocese de Crato o Projeto Diocesano do IVC deve entrar em vigor no dia primeiro julho deste ano.

Fonte: Diocese de Crato

Faixa atual

Título

Artista

Background