Professores e estudantes se juntam em manifestações contra cortes na educação

Na manhã desta quarta-feira, 15, centenas de manifestantes em todo o Brasil, se reuniram contra os cortes de recursos da educação superior e básica, promovidos pelo Governo do Presidente Jair Bolsonaro, que afeta mais de 30% no orçamento das universidades e institutos federais do país.

O Presidente e o Ministro da Economia acham que o Brasil gasta muito com a educação. O estudante Isaac Oliveira discorda totalmente e relata que “deveria aumentar a verba, os gastos não são nada comparados ao que o Brasil ganha, esse corte não faz sentido, vamos esperar e tentar mudar esse país”.

Para a estudante Isis Oliveira, a educação é um direito de todos e um dever do estado, o que a preocupa é que “sem universidades, como formaremos profissionais, não precisamos apenas de um determinado tipo de educação, precisamos investir em todos os âmbitos que se referem a ela”, ressalta.

A professora da rede municipal, Isabel Vieira, relata que “esse governo não é do povo, sabemos que esses cortes irão trazer uma defasagem imensa para o país em termo de economia, educação e cultura, prejudicando todos em geral”.

As manifestações ocorreram em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade. Estudantes e professores saíram às ruas com cartazes e gritos contra o atual Governo do Presidente Jair Bolsonaro.

Gisele Eufrásio / Jornalista Rádio Educadora

Faixa atual

Título

Artista

Background