São João Batista o precursor de Jesus

São João Batista nasceu milagrosamente em Aim Karim, cidade de Israel que fica a 6 quilômetros do centro de Jerusalém. Seu pai era um sacerdote do templo de Jerusalém chamado Zacarias. Sua mãe foi Santa Isabel, que era prima de Maria Mãe de Jesus. Ele foi consagrado a Deus desde o ventre materno. Em sua missão de adulto, pregou a conversão e o arrependimento dos pecados manifestos através do batismo. João batizava o povo, daí o nome João Batista.

Pároco da Igreja Nossa Senhora da Penha, Padre José Vicente explica que do ponto de vista bíblico, São João Batista foi o precursor de Jesus, foi ele quem anunciou sua vinda e a salvação que o Messias traria para todos. Ele é quem faz a ponte entre o antigo e o novo testamento e é o último dos profetas, é um santo que se empenhou na construção do reino de Deus.

Tradição da Fogueira

A mãe de João Batista, Santa Isabel, era idosa e nunca tinha engravidado. Todos a tinham como estéril. Mas, então, o anjo Gabriel apareceu a Zacarias quando este prestava seu serviço de sacerdote no templo e anunciou que Isabel teria um filho e que este deveria se chamar João. Zacarias não acreditou e ficou mudo. Pouco tempo depois, Isabel engravidou como o Anjo havia dito.

Após seu nascimento, é dito que foi feito uma grande fogueira, naquela época, era um modo de comunicar a vizinhança o nascimento de alguém. O Padre relata que essa tradição de fazer fogueira entrou no imaginário popular, e no nosso país, veio ao gosto folclórico, juntando-se a poesia, a música e a dança, mais conhecida como quadrilha, sendo um momento de muita festividade.

Festa de São João

Com o passar do tempo, a festa tornou-se em um evento comercial e importante para a sociedade, tendo em vista a divulgação pela imprensa, mas o padre explica que “as pessoas mais humildes, como da periferia, dos sítios e até mesmo da roda, já festejavam o São João com toda riqueza, e o espirito muito mais religioso do que aquilo que se faz hoje”.

Nessas datas de Santo Antônio, São João e São Pedro, principalmente São João, a população da periferia e zona rural, em um tempo não muito distante, costumam realizar a tradicional renovação da consagração das famílias ao Sagrado Coração de Jesus e de Maria, e associam a essas festividades, demonstrando com empenho, o espírito religioso da festa.

Oração a São João Batista

São João Batista, voz que clama no deserto, endireitai os caminhos do Senhor, fazei penitência, porque no meio de vós esta quem nos conheceis, e do qual eu não sou digno de desatar os cordões das sandálias. Ajudai-me a fazer penitência das minhas faltas, para que eu me torne digno do perdão daquele que vós anunciastes com estas palavras: Eis o Cordeiro de Deus, eis aquele que tira o pecado do mundo, São João Batista, rogai por nós. Amém.

Gisele Eufrásio / Jornalista Rádio Educadora

Faixa atual

Título

Artista

Background