Soldador morre após ser eletrocutado em Juazeiro enquanto trabalhava

Written by on 24 maio de 2019

O soldador Everaldo Carneiro Nascimento, de 31 anos, morreu por volta das 17 horas desta quarta-feira num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro do Norte. Ele morava na Rua Artesão Manoel de Barros, no bairro Tiradentes, e estava trabalhando quando sofreu uma descarga elétrica por volta das 15h30min de ontem.

Tão logo foi eletrocutado terminou socorrido às pressas ao HRC, mas não resistiu e faleceu cerca de uma hora e meia depois. O corpo de Everaldo foi recolhido pelo rabecão, necropsiado na Perícia Forense de Juazeiro e está sendo velado no Sítio Cidade na zona rural de Caririaçu, onde será sepultado amanhã. Só no mês passado três pessoas morreram em conseqüência de descargas elétricas no Cariri ou mais precisamente em Potengi, Juazeiro e Porteiras.

No dia 1º de abril, Douglas Paulo da Silva, de 20, morreu no Sítio Gravatá em Potengi com a queda de fios sobre o mesmo após um caminhão bater num poste. Já no dia 10 Geraldo Dionísio Francisco, de 73, que residia no bairro Salesianos em Juazeiro, foi encontrado morto em casa perto de fios desencapados e apresentando queimaduras. No dia 12 o pintor João Ranilson Serafim Furtado, de 38 anos, o “Ranilson de Azarias”, morreu enquanto trabalhava num prédio no centro de Porteiras.

Fonte: Demontier Tenório/Agência Miséria


Current track

Title

Artist

Background