Vereadora Yanny denuncia erros no pagamento da coleta de lixo de Juazeiro do Norte

A Vereadora Yanny protocolou esta semana, no Ministério Público (MP), denúncia envolvendo a empresa MXM, que faz a coleta de lixo e capinação da cidade. De acordo com a parlamentar, ela analisou a prestação de contas da empresa onde consta que, de janeiro a abril deste ano, o pagamento teria sido feito por tonelada de lixo coletada. Porém, a vereadora e sua equipe acompanharam, em duas visitas in loco, o despacho dos resíduos pelos caminhões, e constataram que o lixo não é pesado, pois a balança está quebrada e em desuso há anos.

A vereadora questiona: “Como a Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp), pagou, de janeiro até agora, mais de R$ 13,6 milhões a empresa por tonelada, se nunca foi pesada nenhuma grama?”. Yanny ainda critica a atuação e diz que a MXM está fazendo um serviço de má qualidade, pois as ruas da cidade estão cheias de lixo, por falta de coleta, e de mato, por falta de capinação.

Para a vereadora, o ocorrido é um descaso com o dinheiro público, e pede que o MP investigue e tome as providências cabíveis. “É uma vergonha o executivo pagar esse valor a uma empresa que realiza a coleta de forma irregular. Inclusive quando o atual prefeito era vereador, ele criticava o contrato da empresa, alegando que se tratava do lixo mais caro do Brasil e agora como gestor, está pagando o lixo mais caro do Brasil”, lembra.

O MP já encaminhou uma recomendação ao Prefeito para cancelar o contrato. “O senhor vai cumprir a recomendação”, pergunta Yanny à Gledson Bezerra, que ainda não se manifestou sobre assunto.

Fonte: Assessoria Commonike

Faixa atual

Título

Artista

Background