Vereadores de cidade cearense concedem título de persona non grata à comerciante

Vereadores da Câmara Municipal de Tianguá aprovaram o título de “Persona Non Grata” ao comerciante Verisvelton Ximenes da Cunha, conhecido como Velton. A votação aconteceu no último dia 20 de agosto após o vereador Sales Neto (PSD) propor para os pares o Projeto de Decreto Legislativo.

Em entrevista ao site Miséria, Velton afirmou que a motivação dos parlamentares em conceder o título foi que ele havia gravado áudios em rede social destacando que os vereadores não fazem nada. Tianguá, da Região da Ibiapaba, é distante 577 km do Cariri.

“Tem um vereador que é problemático demais e com esse título deixaram a minha família constrangida demais. Foi muito humilhante um negócio desses porque eu sou filho de Tianguá, assim como meus pais, avós e meus sete filhos. Todos são trabalhadores, nenhum é vagabundo”, explica.

Velton credita isso à política, apesar de não ter vínculo nenhum com a política. “(…) nunca me candidatei a nada, sou apenas um trabalhador (…)”, resume. Foram nove votos favoráveis, quatro contrários e duas abstenções.

Ele disse ainda que vai acionar a Justiça “(…) para tirar isso a limpo (…)”. “Ninguém na minha família gostou e o povo de Tianguá me conhece”. De acordo com o comerciante a população de Tianguá ficou contra os vereadores e em favor dele.

Velton garante que a população quer é que os vereadores discutam e votem em assuntos de interesse do município, tais como a instalação de Unidades de Pronto Atendimento (UPA), que melhorariam os serviços de saúde no Município.

A reportagem do site Miséria tentou contato com o vereador autor do Projeto de Decreto, Sales Neto, mas o número telefônico disponível no site da Câmara não funcionava ou ninguém atendia as ligações.

Fonte: João Boaventura Neto/Agência Miséria

Faixa atual

Título

Artista

Background