Vídeo de venezuelanos comendo lixo fez Maduro deter jornalistas, diz TV

Seis jornalistas da Univision Notícias, rede de televisão dos Estados Unidos com programação em espanhol, foram detidos por quase três horas no Palácio Miraflores, sede do governo venezuelano, por ordem de Nicolás Maduro – de acordo com relato da emissora. Segundo o veículo, o grupo entrevistava Maduro e, contrariado pelas perguntas, o presidente do país ordenou o confisco do material gravado e todo o equipamento, além de reter os jornalistas.

Segundo Jorge Ramos, um dos integrantes da equipe, o governo venezuelano os liberou após três horas, mas não devolveu o equipamento, os registros e artigos pessoais.

“Eles roubaram nosso trabalho. Isso é para se tornar público com ou sem vídeo”, declarou Ramos, que disse ter acordado a entrevista com Maduro na semana passada. Ele conta que, em um ponto da conversa, mostrou ao presidente um vídeo de venezuelanos comendo lixo, que o incomodou e gerou uma ordem de apreensão.

“O que eu disse Nicolas Maduro é que milhões de venezuelanos e muitos governos ao redor do mundo não o considera um presidente legítimo, mas um ditador. Isso é o que eu disse Nicolas Maduro, obviamente, não gostou e por isso parou o entrevista “, disse o jornalista.

Mais tarde, Enrique Acevedo, funcionário da mesma emissora, exibiu as imagens que teriam provocado controvérsia com Maduro.

Fonte: Veja

Faixa atual

Título

Artista

Background